quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

José Guerreiro, Barman / Barista trainer, venceu a 21ª Edição da Taiwan Golden Cup International Bartenders Competition 2016.

Hoje é privilegio, mais uma vez, trazer até vós, um dos profissionais de bar que nos últimos anos mais se tem destacado, nos mais diversos “concursos de cocktails”, em representação dos Barmen, Portugueses.


José Guerreiro, Barman / Barista trainer, venceu a 21ª Edição da Taiwan Golden Cup International Bartenders Competition, 2016, uma iniciativa das mais importantes em termos de “concursos de cocktails”, a nível mundial, onde participaram os melhores Barmen da actualidade.


José Guerreiro já nos habituou a excelentes participações e honrosas classificações, bem como tem demonstrado elevado grau de profissionalismo, técnica, criatividade, na preparação e decoração dos seus “cocktails”, uma vez mais não deixou os seus créditos por mãos alheias e arrecadou o 1º lugar, para a Associação Barmen de Portugal.


O Cocktails & Mistura Fina continua a dar evidência aos profissionais de bar, que, pelas suas capacidades pessoais e profissionais contribuem para dignificar a profissão de Bartender.


José Guerreiro antes de mais gostaria de te dar os parabéns pela excelente participação e classificação na 21ª Edição da Taiwan Golden Cup International Bartenders Competition 2016 e agradecer a disponibilidade, em partilhares momentos da tua vida profissional com os amantes do Bartending e seguidores do Cocktails & Mistura Fina, bem como desejar as maiores felicidades pessoais e profissionais.


José Guerreiro qual foi participação no evento no que se refere aos países presentes?

No evento participaram países como: Portugal,Taiwan, Austrália, Índia, Letónia, Espanha, Uk,Turquia, Hong Kong, Macau, Japão, Malásia, Estónia, Suíça...entre outros.


Na tua opinião qual a importância da realização da Taiwan Golden Cup International Bartenders Competition?

É um concurso de elevado prestígio internacional, que integra grande parte dos países que fazem parte da família IBA, (membros IBA).


Desde quando se realiza o concurso?

O Concurso acontece somente de dois em dois anos, já vai na sua 21ª edição e está integrado na realização das provas nacionais de Taiwan, de cocktails, que tem um volume de participação de concorrentes Tawianeses a rondar os 1200.


Em que modalidades?

Os participantes concorrem nas duas categorias na vertente “Clássica” e na modalidade de Flair.


José Guerreiro como viste a organização da Golden Cup?

A Golden Cup patenteou uma organização extremamente profissional, onde a coordenação e o rigor asiático, esteve presente do primeiro ao último minuto.



O que destacas da tua participação?


O meu destaque a nível de participação , o mais importante foi a vitória nesta competição, pois foi também a primeira vez que Portugal, Associação Barmen Portugal, participou neste evento e logo com a conquista do título mais importante o (1 lugar).


Como foi a experiência em participares na Golden Cup, em Taiwan ?

Em termos de experiência, foi muito bom, pois estando em contacto com tantos concorrentes, de variadas nacionalidades, dá-nos a possibilidade de aprender, conviver, conhecer novas técnicas e tendências de outros países.


Quais as regras do concurso?

Dentro do concurso, a modalidade é "Bartenders Choice", onde podemos utilizar algumas técnicas permitidas nos regulamentos da IBA , é importante apresentar e explicar o nosso Cocktail um minuto antes do início da participação e depois conseguir um desempenho sem erros técnicos, esperando uma boa apreciação a nível sensorial e degustativo, com um Cocktail como o meu, o "Real Tentation".


Conforme referiste a historia do cocktail é importante aquando da apresentação. Podes partilhar uma breve historia do teu cocktail?

A história incrível deste Cocktail, o "Real Tentation", destaca-se pelo facto de ter sido criado no momento limite do envio da receita e registo da minha participação neste concurso, onde a escolha acertada dos ingredientes, foi o segredo para o seu sucesso, inclusive o puré de framboesa, que nem existe em Portugal!!


Talvez devido a muitos anos de trabalho e experiência profissional, por vezes temos estes momentos de inspiração e tudo da certo.


"Real Tentation" by José Guerreiro

Ingredientes:

2 cls Rum Havana Club Anejo 3 anos
1 cl Luxardo licor
1 cl Monin Vanilla de Madagascar licor
1 cl Real Ginger Purê
1.5 cls Real Raspberry Puré
3 cls Sumo limão natural
1cl Clara de ovo

Decoração: rosa de cenoura vermelha,hortelã, nabo e casca de laranja.


Método de preparação:

A sua preparação é feita no Shaker.

Servido em taça a Cocktail personalizada.

Destaco também o pormenor do Rum Havana que foi infusionado através do processo ISO rápid infusion com alguns ingredientes, como o Chá de Jasmin seco, Amêndoas torradas e Ananás fresco, cujo as medidas ficarão em segredo!


Quais os teus objectivos futuros?

Para o futuro, em termos de competições, espero voltar a pisar um palco de competição, representar novamente o nosso país, e se for brevemente ainda melhor, com mais títulos para mim e para Portugal.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Marlene Guerreiro, Bartender, no Hathor's Bar, no Porta 15 Cocktail Bar, e Cocktail Mix Eventos, de Beja, obteve honrosa classificação, no 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN", 2016.

Olá amigos e seguidores do Cocktails & Mistura Fina, hoje vou divulgar mais uma opinião e momentos sobre a participação de uma FINALISTA, do 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN", desta feita a convidada do Cocktails & Mistura Fina é Marlene Guerreiro, Bartender, no Hathor's Bar, no Porta 15 Cocktail Bar, e Cocktail Mix Eventos, em Beja, que obteve honrosa classificação, o segundo lugar da geral e o prémio do melhor cocktail apresentado a concurso.


Já referi que é pelo quarto ano consecutivo que recebe o honroso convite, em meu nome e da Associação Barmen Barlavento Arade, para colaborar com a realização de um certame, que considero um cartão-de-visita das terras alentejanas, o 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN", que realizou-se a 4 de Dezembro de 2016, no Hotel Melius, em Beja.


O evento cuja organização foi do Hotel Melius, liderado pelo grande profissional de bar, Jorge Aniceto, que nos últimos quatro anos tem vindo a impulsionar a realização desta iniciativa em terras do Alentejo, com assinalável sucesso.


Uma iniciativa de louvar, que resulta de uma parceria entre o Gin Magellan representado pelo meu amigo Cesar Coutinho e o Bar Melius, em Beja, a qual tem vindo a permitir a participação de vários Barmen, a nível nacional, que desenvolveram as suas propostas dando largas à sua criatividade e técnica na elaboração dos seus “cocktails”.


Foram muitos os Barmen que enviaram as suas receitas para a organização do 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN", após uma verificação criteriosa e segundo o regulamento, foram seleccionados os 6 FINALISTAS, que tiveram a oportunidade de demonstrar a sua arte e técnica na preparação e decoração dos seus “Cocktails”, no Bar Melius, em Beja.


Cada finalista teve que elaborar, 1 Gin Tónico, 1 Cocktail de autor e prova surpresa, mediante uma caixa mistério com produtos seleccionados pela organização, sorteada, criou um novo cocktail tendo por base o Gin Megellan.


As “caixas surpresa” foram da autoria, de João Rodrigues, Bartender do Columbus Bar, brilhante vencedor da 3ª edição do Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN” e minha. Não me levam, mas considero que fizemos uma excelente escolha, dado aos excelentes resultados obtidos pelos finalistas.


Muito trabalho, estudo, paixão e dedicação!

Foi sem dúvida mais uma jornada muito produtiva, onde os participantes primaram pelo profissionalismo, aplicaram técnicas avançadas, na preparação dos cocktails, tendo por base o Gin Megellan, fazendo jus às distintas marcas patrocinadoras, sem as quais não teria sido possível realizar o 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN”, com assinalável êxito.


Tive o privilegio de apresentar o Concurso e os participantes evoluíram perante um distinto o júri formado por três elementos, Filipe Pombeiro, Presidente da NERBE/AEBAL – Associação Empresarial do Baixo Alentejo, César Coutinho, representante do Gin Megellan e João Rodrigues, Bartender do Columbus Bar, brilhante vencedor da 3ª edição do Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN”.

O Cocktails & Mistura Fina, em conjunto com os FINALISTAS continua a  partilhar com os seguidores deste blogue, amantes do Bartending e dos cocktails, as propostas apresentas a concurso.


Marlene Guerreiro, muitos parabéns pela excelente participação e classificação, no 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN", obrigado pela colaboração e pela tua partilha.

Como descreves a tua participação?

Foi a primeira competição deste género até ao concurso Melius Magellan apenas tinha feito competição de Flair, estar na final já era uma vitória mas sei que me esforcei para dar o meu melhor e adorei a experiência.


A Marlene Guerreiro, Bartender, no Hathor's Bar, Porta 15 Cocktail Bar, e Cocktail Mix Eventos, em Beja, obteve honrosa classificação, o segundo lugar da geral e o prémio do melhor cocktail de autor apresentado a concurso.

Entre outros prémios Marlene Guerreiro ganhou o “passaporte”, para uma viagem a Cognac, na França, para visitar a Maison Ferrand.


Marlene Guerreiro fala-nos sobre a tua primeira prova?

A minha primeira prova foi a apresentação do meu Perfet Serve Gin Megellan.

No Gin tónico, tentei criar um Prefect Serve, que realçasse os sabores presentes no Magellan, daí ter escolhido a laranja a erva príncipe que surgiu por ser algo que sempre conheci é algo muito presente na minha terra.

A escolha da Fever tree mediterrânea foi por ser uma tónica bastante suave que achei ser a que mais se adequava ao que eu pretendia.


Perfect Serve Gin Magellan by Marlene Guerreiro


Ingredientes:

Zest de laranja
Laranja desidratada
Erva-príncipe
5 cl de Gin Magellan
20 cls Fever-Tree Mediterranean


Marlene Guerreiro descreve-nos a tua segunda prova?

“Cravinho” by Marlene Guerreiro, breve história:
Tentei criar um cocktail com ingredientes que tinha no meu local de trabalho, queria criar algo que pudessem agradar à maioria das pessoas e que pudesse ser feito em qualquer bar do nosso país, sem um custo demasiado elevado e de fácil confecção, ingredientes simples.


" Cravinho" by Marlene Guerreiro


Ingredientes:

3 Morangos
3 Cravos-da-índia
(macerados)
2 cls de Sumo de Limão Natural
3 cls de Xarope Monin Chocolate Blanc
0,5 cl de Xarope Monin Orgeat
5 cls de Gin Magellan
3 cls de Clara de ovo.

O método de preparação: No shaker e strain.


O cocktail foi apresentado numa ardósia que tinha um morango duas bolachas de chocolate branco e raspas de chocolate branco com morango.


Na minha caixa mistério encontrei os seguintes ingredientes: Bitter Thuth, Xarope Monin Caramelo, Hortelã, Cardamomo e Maracujá.

Optei por usar 3 deles conforme regulamento:


Passion Flower by Marlene Guerreiro

Ingredientes:

8 Folhas de Hortelã,
1 Colher de bar se Sumo Natural de Maracujá,
1 Dash Bitter Thuth Old Time
5 cls de Magellan
Top Água tónica Fever Tree Eder Flower

Método de preparação: No Boston Shaker.


Macerar as oito folhas de hortelã com 5 cls de açúcar e 2 cls sumo natural de limão.

Adicionar Gelo picado e uma colher de bar de sumo de maracujá natural.

Agitar vigorosamente.


Verter para o copo.

Termina com um top de água tónica Fever tree Eder flower.

Decoração: No próprio copo hortelã e casca de maracujá.


Marlene Guerreiro qual a tua opinião, sobre a organização do 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN"?

A organização do concurso está de parabéns. A organização conseguiu juntar excelentes profissionais, desde Braga ao Algarve, diferentes entre eles, mas todos excelentes profissionais.


Foi gratificante ver uma mulher na final do concurso, éramos duas (Ana Aires, de Braga) o que é óptimo! No tipo de competição que costumo participar até a altura (Flairtending) é algo que não acontece!

Como profissional de bar, qual a importância da realização deste tipo de concursos?



É extremamente importante a realização desta competição na minha opinião é isto que nos faz evoluir e apreender mais, pois estamos em contacto com outros profissionais e há sempre uma partilha de informação/ conhecimento bastante gratificante. 

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Ana Aires, Bartender, na Mixappel, em Braga, finalista do 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN".

Olá amigos e seguidores do Cocktails & Mistura Fina, conforme o prometido estou de volta para divulgar opiniões e momentos da participação dos FINALISTAS do 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN".


Um evento cuja organização foi do Hotel Melius, liderado pelo grande profissional de bar, Jorge Aniceto, que nasce da vontade, do querer, de muita trabalho e dedicação e tem vindo nos últimos quatro anos a estimular a realização desta iniciativa em terras do Alentejo, com assinalável sucesso.


Quero vos dizer que apesar do mau tempo que assolava o país, fui para estrada para fazer jus ao honroso convite, que foi feito pelo quarto ano consecutivo, em meu nome e da Associação Barmen Barlavento Arade, para colaborar com a realização de um certame, que se afirma como cartão-de-visita em terras alentejanas, o 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN" que realizou-se a 4 de Dezembro de 2016, no Hotel Melius, em Beja.


Uma iniciativa de aplaudir, resultado de uma parceria entre o Gin Magellan representado pelo meu amigo Cesar Coutinho e o Bar Melius, em Beja, a qual tem vindo a permitir a participação de vários Barmen, a nível nacional, que desenvolveram as suas propostas dando largas à sua criatividade e técnica na elaboração dos seus “cocktails”.


Já referi que foram muitos os Barmen, que enviaram as suas receitas para a organização do 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN", após uma verificação criteriosa e segundo o regulamento, foram seleccionados os 6 FINALISTAS, que tiveram a oportunidade de demonstrar a sua arte e técnica na preparação e decoração dos seus “Cocktails”, no Bar Melius, em Beja.

Cada finalista apresentou / elaborou, 1 Gin Tónico, 1 Cocktail de autor e prova surpresa, mediante uma caixa mistério com produtos seleccionados pela organização, sorteada, criou um novo cocktail tendo por base o Gin Megellan.


Foi mais uma jornada de grande entrega à causa da coquetelaria, onde os participantes primaram pelo profissionalismo, fazendo jus às distintas marcas patrocinadoras, sem as quais não teria sido possível realizar o 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN”, com assinalável êxito.


Os participantes evoluíram perante um distinto o júri formado por três elementos, Filipe Pombeiro, Presidente da NERBE/AEBAL – Associação Empresarial do Baixo Alentejo, César Coutinho, representante do Gin Megellan e João Rodrigues, Bartender do Columbus Bar, brilhante vencedor da 3ª edição do Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN”.


O Cocktails & Mistura Fina, em conjunto com os FINALISTAS continua partilhar com os seguidores deste blogue, amantes do Bartending e dos cocktails, as propostas apresentas a concurso.


Hoje conto com mais uma Finalista do 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN". A convidada é Ana Aires, Bartender, na Mixappel, em Braga, à qual agradeço, pela colaboração e pela tua partilha.


Ana Aires como viste a tua participação no 4º Concurso Barman "MELIUS MAGELLAN"?

Tendo em conta que foi a primeira vez que participei num concurso destes fiquei bastante satisfeita com o meu desempenho. Apesar de nem tudo ter corrido como planeado, o balanço é muito positivo. Pensei que iria correr pior por causa dos nervos! Penso que o facto de não me ter deixado influenciar demasiado pelos nervos se deve em parte à forma como fomos recebidos pela 'organização'  e aos bons conselhos que o Jorge Aniceto nos ia dando, o bom ambiente e espírito de entreajuda entre os finalistas também contribui para que eu ficasse um pouco mais calma, mas o principal factor para que eu me mantivesse mais ou menos calma dentro dos possíveis foi o meu namorado Fábio Silva que esteve sempre do meu lado dando muito apoio.


Qual a tua opinião em geral sobre os finalistas?

No que diz respeito aos finalistas não podia ter melhor opinião, todos eles merecedores de terem chegado à final. O que mais me impressionou foi mesmo o bom ambiente entre os finalistas e o espírito de entreajuda entre nós, sempre dispostos a ajudar o colega do lado, se precisava de ajuda para preparar alguma coisa ou se precisava de algo que estivesse em falta. Acho de uma forma geral, nos apoiamos uns aos outros.


Ana Aires fala-nos sobre a tua primeira prova?

A minha primeira prova foi o meu Perfect Serve Gin Magellan, aproveitando as excelentes características deste Gin, de origem francesa, optei pela simplicidade e frescura. A minha escolha no que se refere à agua tónica recaiu na Ferver-Tree Mediterrânica.


Perfect Serve Gin Magellan by Ana Aires
Ingredientes:

5cl de Gin Magellan

20 cls de Água Tónica Ferver-Tree Mediterrânica
1 Dash de Jerry Tomas Own Decanter Bitters (Bitter Truth)
2 Rodelas de morango
1 Zest de Lima


RECEITA DO COCKTAIL DE AUTOR: The World Treveler breve história.

Este cocktail à imagem do nome do Gin Magellan, é uma homenagem a Fernando Magalhães. É um cocktail inspirado não só nas viagens do navegador português mas nas viagens de uma forma geral, nas viagens que qualquer pessoa faz quando vai de férias, passar um fim-de-semana fora, quando tem de emigrar (no caso de alguns), ou até mesmo em viagens de trabalho. Viagens essas, que de certa forma nos influenciam, naquilo que somos, do que gostamos, na nossa evolução. Influências essas que vão contribuir para a evolução dos hábitos/gostos das pessoas que cada vez mais querem provar coisas diferentes e serem surpreendidas.



E o Gin teve um papel muito importante nessa evolução. Por um lado fez com que as pessoas/clientes deixassem de beber apenas cerveja, refrigerantes, whisky cola e por aí vai...e passaram a beber e apreciar diferentes Gins tónicos com produtos premium pagando um pouco mais daquilo que pagariam pelo que estavam habituados a beber, e com o tempo passaram a querer coisas diferentes, novos cocktails, experimentar novos sabores e por aí vai... Por outro lado a "moda do gin" fez com que houvesse um maior interesse por parte dos bartenders em quererem cada vez mais apostar na sua formação e no seu profissionalismo. E este cocktail tenta representar um pouco dessa evolução no bar português.

Daí ter usado uma mala de cortiça na apresentação deste cocktail, a mala é um símbolo das viagens pela evolução e é de cortiça porque é um produto bastante português.


The World Traveler by Ana Aires

Ingredientes:

6 cls de GIn Magellan
1,5 cl de Licor Falernum (Bitter Truth Golden Falernum)
1, 5 cl de Xarope de Morango (Monin)
3 cls de Triple Sec (Dry Curaçao - Pierre Ferrand)
1 Bar Spoon de Mix de 5 Pimentas
2 dash de Celery Bitter (Original Celery Bitters - The Bitter Truth)
1/2 Lima
Gingerale (Ferver-Tree)
Flor de Sal


Método de preparação:

Colocar a lima e o mix de pimentas no mixing glass e macerar, adicionar os restantes ingredientes à excepção do gingerale.

Shakerar no Boston Shaker com gelo.

Retirar 5cl do cocktail e guardar à parte para a realização do "shot molecular".

Encher o copo com pedras de gelo relativamente grandes.

Verter o que resta do cocktail para o copo, fazendo double strain.

Adicionar algum gelo picado no topo do copo e preencher com o Gingerale (Fever-Tree) (aproximadamente 6cl).

Decoração: 1 Morango,1 rodela de Laranja desidratada,1 zest de Lima,1 cordel,1 pau de canela,1 rodela de Lima desidratada,1 shot "molecular".


(RECEITA DO SHOT):

3 cls de Xarope de Lemon Tea (Monin)
15 cls de Água mineral
5 cls do Cocktail de autor
2 Gr de Lecitina de Soja
1 cl Gingerale (Fever-Tree)  
0.5 cl de Magellan Gin 

Método de preparação do "shot molecular":

Colocar os 5cl do cocktail, a água, o xarope Lemon Tea e a Leticinia de Soja num recipiente.


Com uma batedeira manual aplicar a técnica de emulsificação para fazer uma espuma.
Num copo de shot colocar o Gingerale e o Gin.

Com a ajuda de 1 ou 2 colheres colocar a espuma anteriormente feita no topo do copo de shot e raspar um pouco de casca de lima por cima.


RECEITA COCKTAIL CAIXA SURPRESA

Smoked Star by Ana Aires

Ingredientes:

5 cls de Magellan gin
2,5 cls de Dry Curacao
1.5 cl de Xarope Monin White Chocolat
2,5 cls de sumo de limão
2 dash de Creole Bitter da Bitter Truth
1 Estrela de Anis.


Método de preparação: Queimar uma Estrela de anis. Apagar a chama e tapar a estrela de anis com um copo 'Old Fashioned'  para assim fumar o copo.

Colocar gelo no shaker, adicionar o Gin Magellan, o Dry Curação, o Xarope Monin White Chocolat, o sumo de limão e o bitter.

Shakerar.

Colocar uma pedra de gelo bem grande no copo e verter o cocktail para o copo com a ajuda de um strainer.

Decorar com uma zest de limão.


Ana Aires Qual a tua opinião sobre a organização do concurso?

Quanto à organização do concurso pareceu-me excelente, tudo muito bem organizado, sempre preocupados se precisávamos de algo, dando sempre bons conselhos, por vezes tentando acalmar os nervos dos participantes. Tivemos por parte da organização muito apoio, fomos todos recebidos de braços abertos, num ambiente familiar e acolhedor.


Na tua opinião qual importância da realização de Concursos de cocktails para os profissionais de bar?

Penso que a organização de concursos como este são muito importantes para os profissionais de bar porque de certa forma nos obriga a desafiar a nós próprios e a ultrapassar os nossos limites. Além disso acho que neste tipo de eventos existe também muita partilha de conhecimento, uma vez que nestes concursos temos a oportunidade de conviver com pessoas com muita mais experiência e conhecimentos do que nós. Acaba por ser um processo de aprendizagem, o que nos faz crescer como profissionais.


Agradeço a oportunidade que me deu em poder colaborar no seu Post. Um muito obrigado e parabéns pelo excelente trabalho que o Francisco tem realizado no seu blog, o Cocktails & Mistura Fina.